Colo é demais!

hands in hands

Este texto é muito inspirador: inspira intuição, inspira paciência, inspira humanidade.

“Sabemos que desde cedo o corpo se transforma, alcançando etapas de autonomia: rolar, sentar, sustentar a cabeça, engatinhar e andar. Depois correr, jogar, desenvolver habilidades motoras participando esportes. Como podemos facilitar e estimular cada uma destas etapas? Quantas destas aquisições contribuem para a formação do indivíduo e de sua personalidade?”

 Leia mais do texto de André Trindade chamado Gesto e Identidade – O Corpo na Infância

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s